Biologia no Enem – Cadeia Alimentar

Nesta matéria trataremos de um importante assunto de Biologia no Enem, a cadeia alimentar. Sabemos que em um ecossistema, os seres vivos interagem entre si e com o meio em que vivem. Consideramos bióticos aqueles seres que têm vida e, abióticos, os outros componentes do ecossistema, como luz, água, radiação, solo, nutrientes etc. Nessas relações, cada um possui uma função de acordo com suas características. Dentre estas funções, para os componentes bióticos, existem os produtores, os consumidores e os decompositores.

Produtores são os organismos autótrofos, ou seja, que produzem seu próprio alimento, como as plantas, no processo denominado fotossíntese. Já os consumidores são aqueles que não produzem seu alimento, denominados heterótrofos, os quais dividem-se em três categorias:

  • herbívoros: são aqueles que se alimentam de plantas;
  • carnívoros: aqueles que se alimentam de outros animais e;
  • onívoros:/strong> os que se alimentam de plantas e de animais.

Além dos produtores e consumidores, existem os decompositores, fungos e bactérias responsáveis pela decomposição da matéria orgânica dos seres mortos.

A cadeia alimentar representa uma sucessão de organismos em que um se alimenta do outro. Na maioria das vezes, a cadeia se inicia com um produtor, que alimenta um consumidor primário. Depois, este consumidor primário vai nutrir um consumidor secundário, e assim sucessivamente. Observe que os herbívoros sempre serão consumidores primários. É importante notar também que, ao longo da cadeia, a quantidade de energia vai diminuindo em uma transferência unidirecional. Além disso, os decompositores farão a degradação de todos os seres da cadeia, como é possível observar na imagem abaixo.

cadeia_alimentar

Entretanto, não é apenas o coelho que come alface, nem só a cobra que come o coelho, o que nos leva a formar diversas cadeias alimentares que se inter-relacionam, formando o que chamamos de teia alimentar.

Para assimilar os animais que possuem uma alimentação semelhante, são estabelecidos os níveis tróficos. O primeiro deles é composto pelos produtores, o segundo pelos consumidores primários, o terceiro pelos consumidores secundários e assim por diante. No entanto, um componente não pertence necessariamente a somente um nível trófico. O homem, por exemplo, pode se alimentar de alface e pertencer ao segundo nível trófico, mas pode também comer carne de um boi que comeu capim e pertencer ao terceiro nível, ao mesmo tempo.

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *