infoenem

Todo texto, seja narrativo ou dissertativo, tem uma ou mais vozes se manifestando nele. Isso quer dizer que há sempre alguém apresentando suas ideias ou posições, às vezes de modo explícito, outras vezes de modo implícito. Nos textos narrativos, essas vozes são, de modo geral, identificadas sem muita dificuldade, já que costuma haver pistas visuais: […]

O que a Cartola e Kid Abelha têm em comum? O emprego do advérbio interrogativo nos versos de suas músicas. Observemos os trechos a seguir: “Meu coração não sei por que Bate feliz Quando te vê… E os meus olhos ficam sorrindo E pelas ruas vão te seguindo… Mas mesmo assim, foges de mim (…) […]

Muitas vezes alguém ou algo nos tira da realidade (no bom sentido), ou nos entusiasma tanto, que a música “Barata tonta”, da Rita Lee poderia ser a descrição bem precisa dessa euforia: “Você me deixa cabreira, sem eira nem beira, feito barata tonta, (…) me faz um gracejo eu me desmancho toda o resto que […]

Antes de falarmos dessa ‘irregularidade’, precisamos nos lembrar de alguns conceitos básicos. Vamos começar pela morfologia, antes de falar da sintaxe. Opa! “Pera”! O que são essas duas coisas? Então vamos começar por elas: morfologia é a parte da gramática responsável pelo estudo da palavra em si – seus elementos internos como radical, desinências e […]

Não, o tema não é exatamente religioso, embora esses termos sejam presentes no universo católico. Vamos abordar apenas a questão gramatical, passando pela questão toponímica. (Em tempo: Toponímia é a disciplina que estuda as denominações de lugares. Há na USP – Universidade de São Paulo – uma cadeira com esse objeto de estudo, na faculdade […]

A internet propicia o acesso a muitas informações, com fundamento ou não, sérias ou com imagens recheadas de comicidade. Entre todo o material que recebo ou que acesso pela rede, sem dúvida não posso deixar de mencionar as placas com dizeres, digamos assim, com um emprego muito sui generis da Língua Portuguesa. É o caso […]

As leis devem ser obedecidas por todas as pessoas, certo? Bem… do ponto de vista legal e do ético, sim, essa afirmação é verdadeira. E à primeira vista, parece não haver problema algum na frase, não é? Pois bem, não é! Legal e eticamente, deve-se levar à risca esse conselho, mas gramaticalmente, perceberemos que essa […]

Há alguns dias, vi, nas redes sociais, a divulgação de campanhas para arrecadação de fundos que seriam direcionados para o tratamento de saúde de duas pessoas: uma com um caso muito agressivo de câncer e outra que apresentava um caso raro de surdez de nascença. São campanhas muito válidas e creio que movimentaram muitas pessoas, […]

No texto da semana passada, eu me limitei a tratar dos topônimos de origem tupi, mas não é apenas na geografia que os habitantes originais do Brasil deixaram suas marcas culturais. (Perdeu o texto da semana passada? Clique aqui) No nosso dia a dia, empregamos diversas palavras oriundas da cultura indígena, sem ter noção de […]

É frequente a discussão a respeito do emprego de estrangeirismos na língua pátria, mas não só os idiomas estrangeiros contribuem/contribuíram para enriquecer a língua portuguesa. A Linguística Histórica e a Filologia se ocupam da evolução do idioma através dos tempos e estudam tanto a chamada “história externa” – que registra os eventos sociais, políticos, históricos […]

Página 1 de 15