infoenem

Maria avisa a Antônio: “Eu e José vamos à festa no seu carro.” E está feita a confusão!!! De quem é o carro, afinal? A frase de Maria sofre de um problema frequente: ambiguidade. De acordo com Caldas Aulete, ambiguidade é: Característica do que é ambíguo, do que apresenta vários sentidos Falta de clareza Dúvida […]

Às vezes há, às vezes não há alternativa, mas não há ‘outra alternativa’! O pleonasmo, ou redundância, apresenta duas facetas: há o chamado pleonasmo literário, aquele em que o autor opta por fazer um reforço estilístico de uma ideia. É o que fazem Alvarenga e Ranchinho, nesta hilária história de amor: Romance de Uma Caveira […]

Há alguns dias, arrumando livros e selecionando papéis antigos, deparei-me com um texto publicado pelo jornal Folha de São Paulo, que me trouxe à mente um problema bastante frequente nos textos dos alunos: erros na regência verbal! O texto não apresenta problema especificamente de regência, mas há o emprego de verbos que dão margem a […]

Retomando o mote da semana passada, vamos ainda falar sobre verbos, desta vez os terminados em -iar. Como foi mencionado no artigo anterior (veja aqui), um verbo é considerado irregular quando apresenta mais do que um radical ou quando não recebe a desinência ‘padrão’ de uma determinada pessoa.  No caso dos verbos terminados em -ear, […]

Os verbos chamados regulares não apresentam grandes dificuldades na hora da conjugação, mas os chamados irregulares podem apresentar irregularidades (desculpem a redundância) de diferentes tipos, o que permite que os agrupemos pelas similaridades nessas alterações de padrão. Um verbo é considerado irregular quando apresenta mais do que um radical ou quando não recebe a desinência […]

O eu lírico da música Pole Dance, da Ana Carolina, usa seus talentos para entreter o público: (…) Ela rebola, rebola, rebola Ela quer dólar, quer dólar, quer dólar Sabe entreter Tem troco pra cem Bota pra ferver Não troca o nome de ninguém(…) (https://www.vagalume.com.br/ana-carolina/pole-dance.html ) Mas, se esse talento fosse coisa do passado, como […]

Nas ‘baladas’ da década de 80, era frequentemente tocada esta canção: In New York – Rio – Tokyo – When I watch you dancing I begin to feel like all romancing (…) (https://www.vagalume.com.br/trio-rio/new-york-rio-tokyo.html) E ela me trouxe uma reflexão quanto ao emprego dos nomes desses lugares. Mudando para nosso idioma, tais cidades também são mencionadas […]

Numa turma de 8º ano, nesta semana, eu trabalhei a função sintática de complemento nominal e, ao dar exemplos de substantivos abstratos e de adjetivos (duas das classes de palavras que podem precisar do tal complemento) surgiu essa dúvida: S ou Z? Então vamos lá: há alguns substantivos abstratos relacionados a adjetivos. Pensemos assim: se […]

A música “O bêbado e a equilibrista”, de Aldir Blanc, faz referência a Marias e Clarices, pluralizando os nomes e alguns alunos me perguntam se isso é correto, se nomes próprios têm plural, uma vez que serviriam para individualizar, particularizar os seres. Sim, esses substantivos podem ser pluralizados, pois podemos nos referir a várias pessoas […]

Quando se fala em concordância nominal, algumas situações causam dúvidas frequentemente. A palavra MENOS é uma delas. Vamos nos debruçar um pouco sobre o caso. É bastante comum ouvirmos a expressão que ‘quase’ empreguei no título, “menos preguiça”. Isso talvez ocorra por causa da regra geral de concordância nominal, que preconiza que os nomes devem […]

Página 1 de 10