Aprenda Como Utilizar o Fator de Escala – Matemática

É muito comum encontrarmos as escalas associadas a geografia, sendo utilizadas principalmente em determinações de distâncias envolvendo a utilização de mapas. No entanto, o uso de escalas está se tornando frequente também na matemática, podendo ser aproveitada no cálculo de dimensões ou áreas de determinadas figuras. A seguir veremos como utilizá-la corretamente.

As escalas possuem definição muito simples, podendo explicar o fator de escala (FE) como a razão entre o valor da dimensão obtida através da figura de um determinado objeto por sua dimensão real, ou seja:

fator_escala

Além disso, podemos utilizar a escala para determinar se o objeto está sendo ampliado ou reduzido em sua imagem, utilizando o fator de escala como base. No caso de um objeto sendo ampliado, sua imagem possuirá uma dimensão maior que a real, logo teremos um fator de escala maior que 1. Para situações em que a dimensão do objeto seja menor que sua dimensão real, teremos um fator de escala menor que 1, e, portanto, uma redução do objeto inicial. Também podemos ter a situação em que as dimensões sejam as mesmas, assim a figura assume as dimensões originais do objeto e o fator de escala torna-se 1. Vamos resumir tudo na tabela abaixo.

SituaçãoFator de escala
AmpliaçãoFE > 1
ReduçãoFE < 1
Dimensão RealFE = 1

Vamos agora verificar uma utilização prática das escalas, em uma questão adaptada do Enem de 2015 (Caderno Cinza – Questão 169).

Na figura abaixo, temos uma imagem de uma caneta com dimensão inicial de 14 cm, ao lado de uma pegada de dimensões originais desconhecidas. Com as dimensões da figura, vamos obter as dimensões originais da pegada:

questao_enem2015_mat

Sabemos da figura, que a dimensão da caneta na imagem é de 1,4 cm. Da condição inicial, temos que sua dimensão original é de 14cm. Assim, podemos obter o fator de escala da figura:

fator_escala1

Como obtivemos um fator de escala menor que 1, já sabemos que se trata de uma redução em relação a dimensão original, assim observamos que as dimensões da pegada devem ser maiores que as registradas na imagem. Para obtê-las, vamos novamente aplicar o fator de escala, cujo valor encontramos anteriormente:

fator_escala2

Para obter a largura real, realizaremos o mesmo procedimento:

fator_escala3

Obtemos então as dimensões reais da pegada, com 34 cm de comprimento e 22 cm de largura. É notável, durante a realização deste exemplo, que a aplicação do fator de escala é bastante simples. Assim como em todos os outros exercícios, devemos nos atentar quanto as unidades utilizadas. Além disso, tomando a devida atenção com os cálculos, o sucesso na questão estará garantido!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *