Análise do Segundo Dia de Provas do Enem 2019

Depois de tanta preparação e ansiedade, chegaram ao fim as provas do Enem de 2019. É hora de avaliar os resultados obtidos, ou ainda continuar a preparação para os demais vestibulares ainda este ano. As provas de 2019 podem ainda ser um ponto de partida para o estudo do Enem 2020, e é pensando nisso que o InfoEnem traz uma análise do segundo dia de provas do Enem 2019.

A prova, ocorrida neste último domingo (10/11) foi composta por 90 questões, sendo 45 referentes a parte de matemática e suas tecnologias e outras 45 relacionadas com a área de ciências da natureza e suas tecnologias (biologia, física e química). Para a resolução das questões, os alunos tiveram o tempo total de 5 horas.

De um modo geral, pode ser considerado que as provas do segundo dia do Enem de 2019 mantiveram a temática e abordagem em relação aos anos anteriores. Apesar do aumento da dificuldade em algumas questões, que exigiam do candidato um sólido domínio do conteúdo abordado, as questões mantiveram a temática de abordar situações do dia a dia, além da apresentação de textos auxiliares. Vejamos então uma breve análise de cada área separadamente.

Matemática

A prova de matemática foi a que exigiu mais tempo dos candidatos no segundo dia de provas do Enem 2019. Isso ocorreu devido ao fato de apresentar a maior quantidade de questões, e também por ter sido considerada uma prova trabalhosa. Em questão de conteúdo, a prova manteve o nível cobrado nos anos anteriores, contendo algumas questões simples e diretas, mas também utilizando questões com nível elevado e que demandavam tempo para a resolução. Em relação aos temas observados, a prova apresentou questões de geometria, porcentagem, análise combinatória e leitura e interpretação de gráficos, como de costume.

Biologia

A prova de biologia do Enem 2019 também manteve a temática abordada nos anos recentes. Portanto, foi uma prova que cobrou uma quantidade elevada de conteúdo, mas manteve um nível de dificuldade mediano. Houveram questões envolvendo situações atuais, como a utilização dos agrotóxicos e a situação envolvendo a utilização de vacinas, mas também foram abordadas as questões clássicas de ecologia, genética e também sobre evolução.

Física

As questões de física referentes ao Enem 2019 foram consideradas de dificuldade maior, quando comparadas aos anos anteriores. Apesar de seguir com a cobrança dos mesmos temas, tais como a mecânica, energia, ótica, ondas e termologia, as provas deste ano abordaram os conteúdos de maneira original, exigindo dos alunos tanto o conhecimento técnico do tema, quanto a interpretação do fenômeno ocorrido.

Química

O conteúdo das questões de química das provas do Enem 2019 sofreu pouca alteração em relação aos anos anteriores. Em compensação, a maneira como o conteúdo foi abordado passou por algumas alterações. De maneira geral, as questões de química de 2019 apresentou uma maior contextualização do tema, se utilizando de questões relacionadas ao cotidiano. Essas questões, além do conhecimento teórico do assunto, exigem do candidato uma melhor aplicação do tema estudado.

Finalizando, podemos dizer que as provas do Enem de 2019 mantiveram o conteúdo abordado nos anos anteriores, com pequenas alterações. O modo de preparação pode continuar o mesmo, uma vez que a temática abordada se manteve praticamente igual. Acesse o portal InfoEnem e esteja sempre atento as melhores dicas de preparação para este exame!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *