Análise da Redação do Enem PPL 2017

Nos dias 12 e 13 de dezembro de 2017 houve mais uma aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Candidatos que não puderam participar da primeira edição realizada nos dias 5 e 12 de novembro por problemas logísticos e as pessoas que estão em situação de privação de liberdade fizeram a mesma prova; para o primeiro caso, tratou-se de uma segunda aplicação, já para o segundo é o chamado Enem PPL, destinado para pessoas privadas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

O tema da proposta de redação desta segunda aplicação do exame foi “Consequências da busca por padrões de beleza idealizados”, questão atual e pertinente socialmente falando, já que é sabido que, no Brasil, a busca por atender a um determinado padrão de beleza movimenta um mercado de cirurgias plásticas, venda de cosméticos e de serviços como cabelereiros e procedimentos estéticos e pode causar transtornos psicológicos e alimentares que podem, por sua vez, levar à depressão e até ao suicídio, sem falar dos preconceitos como a gordofobia.

Proposta de Redação Enem PPL 2017

A coletânea de textos motivadores é composta por três textos.

Coletânea de Textos Motivadores Enem PPL 2017

O primeiro texto motivador da coletânea é um trecho adaptado de um artigo acadêmico que discute a questão do que é ser belo na sociedade contemporânea e a sua relação com a masculinidade e o trecho escolhido pela banca elaboradora serve para discutir padrões de beleza tanto masculinos quanto femininos se pensarmos apenas nas pessoas cis, isto é, pessoas que se identificam com seu sexo biológico. Caso o desejo fosse debater beleza e padrões estéticos para pessoas travestis e transexuais seria necessário um outro texto.

Enfim, os autores do artigo admitem haver um limite tênue entre escolhas individuais e padrões de beleza impostos coletivamente falando, ou seja, pelo mercado da moda, da beleza, das cirurgias plásticas e dos procedimentos estéticos etc. Modelos, atrizes, atores e artistas em geral, ao usarem, venderem e trabalharem com seus corpos, mesmo que não queiram, são usados pela mídia e pela sociedade como verdadeiros modelos e exemplos de beleza, o que pode levar pessoas a querer seguir esses modelos em relação a peso, cabelo, maquiagens, roupas, proporções corporais etc.

Todo esse processo, segundo os autores, leva a um prejuízo da auto estima e a um aumento na ansiedade desses indivíduos através da insatisfação com o próprio corpo. Neste ponto, o conhecimento prévio dos alunos é acionado, pois são amplamente divulgados (pela mesma mídia, diga-se de passagem) casos de pessoas que sofrem por transtornos alimentares como bulimia e anorexia, que enfrentam dietas sem nenhum fundamento científico e médico e que entram em quadros depressivos que podem até levar ao suicídio.

Uma outra questão levantada por esse texto motivador é o limite entre uma escolha individual e uma imposição social. Em uma decisão sobre peso, por exemplo, até que ponto podemos dizer que a pessoa está ciente e realmente quer emagrecer e onde entra a imposição da sociedade que tem sim preconceito com pessoas que estão acima do peso, com pessoas gordas, a chamada gordofobia?

O segundo texto motivador, por sua vez, é uma ilustração que traz à tona o debate sobre padrões entre casais heteroafetivos; neste caso, o padrão questionado é o homem ser mais alto do que a mulher, já que o contrário é considerado feio e esquisito por muitas pessoas. Há sim homens que namoram mulheres mais altas e pedem para que essas não usem salto alto, por exemplo. Neste texto, o olhar do outro está sendo questionado e há um convite para que o candidato reflita sobre seus pensamentos e suas opiniões acerca deste assunto.

O terceiro e último texto motivador traz uma breve explicação sobre a anorexia e a bulimia, os transtornos alimentares que mais impactam a vida das pessoas. Estas possuem uma visão distorcida do seu corpo e se castigam por comerem pelo medo de engordar. Aqui era fundamental o candidato ler a referência do texto, já que o mesmo foi extraído de um livro sobre bullying, o que pode fazer com que o candidato se lembre que pessoas gordas normalmente são um dos principais alvos de bullying nas escolas de todo o mundo, não só nas escolas brasileiras.

Como o tema fala das consequências da busca pelos padrões de beleza, citar o bullying, os transtornos alimentares e psicológicos e o gasto de energia e de tempo nesta busca por um padrão irreal é fundamental nesta proposta de redação.

Como proposta de intervenção social, o candidato poderia citar o papel do Estado, por meio do Ministério da Saúde e da Educação, em conscientizar as pessoas a respeito dos riscos à saúde física e mental quando se tem um ideal de beleza utópico por meio de campanhas em postos de saúde e em escolas de todo o Brasil, por exemplo; o papel das escolas propriamente ditas no combate ao bullying e à gordofobia entre os alunos com palestras, assembleias, aulas especiais etc.; o papel da mídia em divulgar não só o que o mercado da beleza paga, mas sim pautas que debatam esses padrões e que busquem o diálogo e o papel do próprio mercado da beleza em quebrar esse modelo, esse padrão de beleza.

Até a próxima semana! Feliz 2018!

 


*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada e mestranda em Letras/Português pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente trabalha na área da Educação exercendo funções relacionadas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação em importantes universidades públicas. Além disso, também participou de avaliações e produções de vários materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação (MEC).

**Camila é colunista semanal sobre redação do nosso portal. Seus textos são publicados todas as quintas!

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Comentários

Giovanna

Muito obrigada pela publicação! Foi de enorme ajuda!

Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *