A 3ª Competência Avaliada na Redação do ENEM

Oi, leitores do InfoEnem!

Dando prosseguimento às explicações um pouco mais detalhadas sobre as cinco competências avaliadas pela banca corretora da redação do ENEM, hoje abordaremos a 3ª: “selecionar, relacionar, organizar e interpretar fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista” (BRASIL-DF, 2012, p.20) que está atrelada à 2ª competência (“compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo” (BRASIL-DF, 2012, p. 14)), sobre a qual dedicamos as duas últimas publicações (Redação Enem: Desempenho da 2ª competência e A 2ª Competência Avaliada na Redação do ENEM ).

Ambas estão intimamente relacionadas, pois o aspecto “aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema” da 2ª competência depende de como o participante seleciona, relaciona, organiza e interpreta fatos, opiniões e argumentos com os quais teve contato no ambiente escolar, em todas as disciplinas e fora da escola, lendo livros, páginas da internet, jornais, revistas, artigos, dentre outros conteúdos de seu interesse para usá-los na redação do ENEM para defender o seu ponto de vista. As instruções da prova, inclusive, fazem menção a isso ao orientar que o candidato deve, ao desenvolver o tema proposto, utilizar os conhecimentos adquiridos e as reflexões feitas ao longo de sua formação.

Mais amplamente falando, esta 3ª competência visa avaliar a coesão e a coerência da dissertação-argumentativa, isto é, como ela está estruturada e organizada e se ela possui uma progressão temática e se faz sentido de começo ao fim, ou seja, se qualquer leitor de Língua Portuguesa, de qualquer lugar, conseguiria ler, sem problemas, o texto.

Para tanto, a redação do ENEM e de qualquer outro vestibular, seja qualquer tipo ou gênero textual pedido, requer que o participante escreva um texto com uma boa relação lógica entre as partes e os parágrafos (paragrafação), criando uma unidade de sentido; com precisão vocabular, já que a escolha lexical é fundamental para os efeitos de sentido; progressão temática que expresse um bom planejamento e, finalmente, uma adequação entre o texto e o mundo real, isto é, a redação necessita ter coerência interna (fazer sentido) e coerência externa, ou seja, ser verossímil, estar de acordo com a realidade, inclusive na proposta de intervenção social (5ª competência, sobre a qual dedicamos uma publicação que foi publicada anteriormente). Esta não pode ser utópica (fantasiosa) e/ou inviável e sim deve ser possível, praticável.

Um texto coerente, como já afirmamos outras vezes, é aquele texto claro, objetivo, que apresenta um encadeamento lógico das ideias e é aí que a paragrafação é um aspecto fundamental. Recebemos um comentário de um leitor com uma dúvida sobre isso, sobre quantos parágrafos deve ter a redação no ENEM. Lembrando que a folha definitiva da prova possui entre 30 e 35 linhas, este é o primeiro limite ao qual devemos nos atentar. A estrutura básica da dissertação-argumentativa, ensinada pela maioria dos professores pede um parágrafo introdutório, de dois a três parágrafos de desenvolvimento com os argumentos embasados nas estratégias argumentativas e um parágrafo final com a conclusão e, no caso do ENEM, com a proposta de intervenção social, mas isso é relativo, depende da condição de autor do candidato.

O importante é saber que para cada tópico frasal é preciso um parágrafo que deve estar ligado ao anterior e ao posterior, ou seja, não se deve fazer “saltos” temáticos, quebras, digressões de um parágrafo para o outro e aí a continuidade se faz presente como um aspecto essencial.

Tudo isso será avaliado em cinco níveis de desempenho que dividem-se entre cinco pontuações, segundo o Guia do Participante do ENEM 2012:

200 pontos: recebe esta pontuação o participante que seleciona, relaciona, organiza e interpreta fatos, opiniões e argumentos de maneira consistente, configurando autoria e que escreve um texto totalmente coerente e coeso.

160 pontos: recebe esta pontuação o candidato que seleciona, relaciona, organiza e interpreta fatos, opiniões e argumentos de maneira consistente, mas que não chega ao ponto da configuração da autoria, pois apresenta argumentos previsíveis, porém que não são cópias dos textos motivadores.

120 pontos: recebe esta pontuação o candidato que apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes, mas não os organiza de maneira consistente, faltando coesão e, assim, tendo pouca articulação entre os argumentos e as ideias.

80 pontos: o participante apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos de maneira não consistente ou contraditória e/ou um texto repetitivo, maçante e que traz dados previsíveis.

40 pontos: o candidato não apresenta um ponto de vista e, consequentemente, não opina e não argumenta sobre o tema proposto pelo ENEM, selecionando fatos, opiniões e argumentos não relacionados a este.

0 ponto: o participante escreve um texto totalmente incoerente, que fugiu ao tema proposto e que não apresenta coesão.

Até mais, pessoal!

A Redação no ENEM 2012 – Guia do Participante disponível em http://www.inep.gov.br/

 

*CAMILA DALLA POZZA PEREIRA é graduada em Letras/Português pela UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas/SP – Atua na área de Educação exercendo funções relativas ao ensino de Língua Portuguesa, Literatura e Redação. Foi corretora de redação na 1ª fase e de Língua Portuguesa na 2ª fase do vestibular 2013 da UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas/SP. Participou de avaliações e produções de diversos materiais didáticos, inclusive prestando serviço ao Ministério da Educação.

**Camila também é colunista semanal sobre redação do infoEnem. Um orgulho para nosso portal e um presente para nossos leitores! Suas publicações serão sempre às quintas-feiras, não percam!

Veja mais artigos da professora Camila

Compartilhar
Manual do Sisu e Prouni

Receba GRATUITAMENTE o Manual para Sisu e ProUni




Sim Não




Outros artigos que você vai gostar:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *